Google+ Followers

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

FOGUETE INDIANO TEM SUPORTE TÉCNICO DO INPE NO LANÇAMENTO

Brasília, 17 de dezembro de 2015 – O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos (SP), prestou suporte em rastreio e telemetria ao lançamento do foguete Polar Satellite Launch Centre (PSLV-C29), realizado com sucesso às 10h30 (horário de Brasília) de ontem (16) a partir do Centro Espacial de Satish Dhawan, em Sriharikota, Índia.
O PSLV-C29 é um veículo lançador da Organização de Pesquisa Espacial Indiana (Isro) que injetou seis satélites, um a um, em uma órbita circular de 550 quilômetrios de altitude.
Atendendo à solicitação da Rede de Telemetria, Rastreio e Comando (Istrac) da Isro, o suporte do Centro de Rastreio e Controle de Satélites (CRC) do Inpe foi precedido por um período de sete dias dedicados à execução de ensaios e testes operacionais.
Em seguida, começou o rastreio do veículo lançador e recepção de sua telemetria, por meio da estação terrena de Alcântara (MA) com transmissão em tempo real dos dados gerados ao Centro de Controle de Missão do lançador, em Sriharikota.
A estação terrena do CRC foi integrada à rede indiana de apoio ao PSLV-C29, por meio da rede de transmissão de dados do CRC, que a conecta com o Centro de Controle de Satélites do Inpe, em São José dos Campos. Deste Centro, os dados são direcionados com auxílio de linhas privadas de telecomunicações de dados ao Centro de Controle de Sriharikota.
A telecomunicação foi monitorada por um engenheiro indiano, enviado pela Istrac, e também por especialistas do Serviço de Tecnologia da Informação do Inpe.
A passagem do veículo pela região de visibilidade da antena de Alcântara se iniciou conforme previsto, a aproximadamente 60 minutos do lançamento (11:36:00, horário de Brasília) e teve uma duração da ordem de 10 minutos. “O suporte obteve pleno sucesso, sendo cumpridas todas as exigências especificadas pela Istrac”, informa Valcir Orlando, chefe do CRC.
A Istrac manifestou interesse no mesmo tipo de suporte para a missão do veículo PSLV-C35, cujo lançamento deve ocorrer entre junho e julho de 2016. A confirmação depende de estudo para verificar as características de visibilidade da trajetória do veículo à estação de rastreio de Alcântara.
“Outra vez foi reafirmada a competência técnica do Inpe e a capacitação do CRC em fornecer apoio a missões de características variadas. Grande parte do mérito deve ser direcionada às equipes técnicas da instituição, que participaram do suporte e que são, em última análise, as responsáveis diretas pelo sucesso das operações”, conclui Orlando.
Fonte: Inpe