Google+ Followers

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Estudantes Participam de Evento Sobre Tecnologias Aeroespaciais

                                                                   Coordenação de Comunicação Social (CCS-AEB)


Segue abaixo uma nota da postada ontem (07/12) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que estudantes participam em Brasíliade evento sobre Tecnologias Aeroespaciais.

As atividades foram desenvolvidas durante todo o sábado.


Brasília, 7 de dezembro de 2015 - As tecnologias aeroespaciais necessárias para a construção e lançamento de foguetes, formam os principais temas abordados no 1º Encontro Regional Aeroespacial (ERA), realizado no sábado (5), no Planetário de Brasília.

Organizado por estudantes de Engenharia Aeroespacial da Universidade de Brasília (UnB), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), o evento apresentou os projetos que permitem o desenvolvimento de habilidades dos estudantes, por meio de projetos práticos do setor aeroespacial.

Os estudantes de engenharia e estagiários da AEB, Rafael França e Nivaldo Lopo, falaram sobre o foguetemodelismo, modalidade que simula as fases da construção e lançamento de um foguete espacial. “Para entender o processo de um foguete convencional, o foguetemodelismo é uma excelente forma de aprendizado, pois representa um projeto real, em menor escala”, afirma França.

O estagiário da AEB, Nivaldo Lopo, fez parte do grupo de alunos da UnB, que em julho passado, lançou a uma altura de 500 metros um protótipo de foguete feito com cano de PVC e peças impressas em 3D. O foguete usou como combustível uma mistura de óxido nitroso e parafina.

Competição - Outro assunto abordado no ERA foi à apresentação da Competição Brasileira Universitária de Foguetes (COBRUF), que desenvolve com a parcerias de várias instituições, o Foguete-Padrão (FP), um foguete educacional de baixo custo.

De acordo com o presidente da COBRUF, Emersson do Nascimento, o foguete está em fase de testes e já conquistou um feito inédito. “Nos próximos dias, o Foguete Padrão fará seu primeiro teste no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Natal, no Rio Grande do Norte. Esta é a primeira vez que um foguete universitário será testado em um centro de lançamento no país”, afirma Nascimento.

Também fez parte da programação a palestra que apresentou o Programa Espacial Brasileiro, ministrada pelo coordenador de Veículos Lançadores da AEB, Eduardo Quintanilha. Para finalizar o evento, o diretor da área de satélites da Agência, Carlos Gurgel, falou sobre o pioneirismo da UnB na Propulsão Híbrida, além da palestra sobre Guerra Eletrônica no Setor Espacial, do proferida pelo professor Sébastian Rondineau.

Para a estudante de engenharia aeroespacial e uma das organizadoras da primeira edição do ERA, Júlia Henriques, o evento foi uma forma dinâmica de aprendizado. “Foi uma ótima oportunidade de conhecer vários projetos no setor aeroespacial. Fiquei muito surpresa com a quantidade de trabalhos interessantes que estão em andamento no país”, destacou.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Bom, bom, muito bom mesmo. Entretanto gostaria de lembrar ao jovem Emersson do Nascimento de que o Foguete Padrão da COBRUF será na realidade o primeiro foguete universitário ‘brasileiro’ a ser testado em um centro de lançamento oficial do país, mas não o primeiro foguete universitário, já que este feito pertence ao foguete experimental WARR-Ex 2 da "Operação WAR", ocorrida no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) no período de 08 a 22/05 deste ano. Este foguete foi desenvolvido pelo “Grupo de Trabalho Científico Para Foguetes e Vôos Espaciais” (WARR na sigla em alemão) da Universidade Técnica de Munique - Technische Universität München (TUM), tá ok Emersson?  Para maiores informações clique aqui.